Arquivo da tag: FHC

Marcelo Tas e FHC: nem custou tanto

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=vVqDk7thpZE&w=420&h=315]
Que docinho de coco!!!!! 

 

Saiu no Blog do Rovai: http://revistaforum.com.br/blogdorovai/2013/03/28/video-sensacional-o-corajoso-reporter-marcelo-tas-entrevista-fhc/

Marcelo Tas sempre foi uma pessoa de imensa coragem, como você poderá ver neste vídeo onde entrevista o então senador Fernando Henrique Cardoso. Intrépido, irônico, lacônio, duro… Vejam com carinho especial, a hora que ele fala sobre Fernando Henrique com a sua ex-esposa Ruth Cardoso. É um show de jornalismo. Por isso não surpreende que tenha autorizado sua reportagem a fazer uma matéria do nível que o CQC fez com o deputado José Genoino.

Quem me enviou a dica pelo twitter foi o Marcelo Gonçalves (@lopodinis).


Saindo do foco

 

Por Bruno Pavan

 

Quanta coragem…

 

Tas sempre foi a esperança de uma “TV moderna”

 

Hoje pega um enlatado argentino, traduz, e passa na TV Brasileira.

 

Com as mesmas piadas de anos atrás.

 

“Porque uma pessoa tão ajuizada, inteligente e culta foi se meter no meio da política?”

 

Estas são as intrépidas palavras do então repórter sobre o então Senador Fernando Henrique Cardoso.

 

A estratégia de esvaziar a política, no entanto, segue a mesma.

Cerra Solteiro: onde está você agora…

Será que ela tem Face?

Este blog contará com luxuosas participação de colunistas especiais.

O de hoje é uma figura querida por 30% do eleitorado brasileiro mas que, sem cargo público e agora solteiro, está sofrendo muito.

Não vamos deixar esse valoroso nome da Democracia sem espaço na internet.

Com vocês: Cerra Solteiro!

Olá…

Olá Damião, olá Dona Maria… ops, desculpe, é a força do hábito.

Semana passada eu voltei pras redes sociais, consegui pegar o sinal wi-fi do vizinho aqui. Desde que fui expulso de casa, estava sem conexão.

Escrevo da casa de um amigo meu. Gosto daqui, mas entra muita luz no meu quarto e o pessoal acorda muito cedo. Meio dia, vê lá se isso são horas de levantar.

Enfim, outro dia eu estava no telefone com o Alckmin, dando umas coordenadas de como lidar com nossos companheiros (APAGAR) de partido, e ele me disse que eu tinha que arrumar uma namorada. Até o FHC arrumou, ele me disse.

Atualizei meu status no par perfeito e, logo depois, comecei a escutar uns sininhos desses de bicicleta em baixo da janela. Só saí depois que ela (a bicicleta) foi embora.

Ainda estou pensando numa foto boa (cadê aquela da Veja, hein???). As da campanha do ano passado eu apaguei todas. Se bem que teve aquela que me beijou né…

Outro dia fui na Sala São Paulo (me disseram que a massa cheirosa frequenta o lugar…) e vi uma senhora muito jovial me seduzindo com um Martini. Comecei um papo simpático sobre a gestão petista na Petrobras mas ela não pareceu se animar muito. Quando falei sobre aborto ela foi embora e quase jogou a bebida na minha cara. Não entendi.

Deixa eu ir agora. O telefone tá tocando aqui. Mônic… ih rapaz… ah tá, é a jornalista… preciso atender.

Anauê